Página Principal

Tumores da Orofaringe


A faringe é uma área do pescoço e garganta. É dividida em três seções:

Nasofaringe é a parte superior.
Orofaringe é a parte do meio.
Hipofaringe é a parte inferior.

A Orofaringe é o espaço na parte de trás da boca, às vezes chamado de garganta. A base da língua, as amígdalas, a parte posterior do palato mole e úvula estão todos localizados na orofaringe.




Sintomas

Um dos primeiros sintomas do câncer da orofaringe é um “caroço indolor no pescoço.

Outros sintomas podem incluir qualquer um dos seguintes sinais:

O inchaço do pescoço;
Dores de cabeça persistentes;
Congestão nasal (nariz entupido);
A dor facial;
Sangramento nasal (epistaxe);
Alterações na audição;
Zumbido nos ouvidos;
Muitas pessoas não têm sintomas.

Esses sintomas também são comuns em afecções não-cancerosas inclusive a maioria das pessoas com esses sintomas não têm câncer de orofaringe.




Causas e Fatores de Risco

A causa exata não é conhecida.

Ocorre com maior freqüência em idades entre 50 e 60 anos, mas pode ocorrer em qualquer idade;

Afeta mais homens que mulheres;

A exposição ao vírus de Epstein-Barr aumenta o risco de desenvolver câncer de orofaringe;

Carnes conservadas salgadas liberam uma substância chamada nitrosamina e pode aumentar o risco de desenvolver a doença.




Diagnóstico de Câncer de Orofaringe

O médico irá examinar a sua boca, garganta, ouvidos. O médico vai passar um tubo fino e flexível com uma luz no fim (endoscópio flexível) na narina de olhar para a parte de trás do nariz. Um spray anestésico local pode ser utilizado para anestesiar o nariz e a garganta. Você será instruído a não comer ou beber nada durante uma hora depois, ou até o efeito anestésico local passar.

Se há suspeita de tumor, o médico vai fazer uma biópsia e um patologista examinará o tecido sob um microscópio.

Os tipos mais frequentes de câncer de orofaringe são:

Carcinoma de células escamosas(CEC);
Carcinoma pouco diferenciado ou indiferenciado;


O médico também pode solicitar outros exames, tais como:

- Os exames de sangue;
- Os estudos de imagem para determinar se o tumor invadiu tecidos vizinhos ou outros órgãos do corpo Tomografia computadorizada(TC). Um tipo especial de raio-x que faz uma série de imagens detalhadas, com ângulos diferentes, de áreas no interior da boca e da garganta. O contraste é injetado em uma veia para ajudar a destacar os órgãos ou tecidos no exame;
- Ressonância nuclear magnética(RNM). A máquina que usa um ímã, ondas de rádio e um computador para fazer imagens detalhadas de áreas no interior da boca e da garganta;
- PET Scan. Durante a tomografia por emissão de pósitrons scan (PET), uma pequena quantidade de glicose radioativa (açúcar) é injetado em uma veia. O scanner faz imagens das áreas dentro do corpo. As células cancerosas absorvem a glicose mais radioativa do que células normais, assim o tumor fica destacado nas imagens.




Tratamentos

Os tratamentos estabelecidos são cirurgia e radioquimioterapia cabendo ao cirurgião de cabeça e pescoço definir qual o melhor tratamento baseado no estádio do tumor e nas condições clínicas do paciente.



 

 
 


Hospital Memorial Petrolina | Hospital UNIMED Juazeiro | Clínica Endoderma

home | a cirurgia | a equipe | o que tratamos | exames | atenção ao paciente | prevenção do câncer
tabagismo e câncer | notícias | para profissionais | locais de atendimento | links importantes | contato

Copyright © CECAP. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por [CiadaLogo] [Jefferson de Mello] [Trilhas]